Há idosos que ficam internados nos hospitais em média durante um mês, à espera de uma vaga num lar.

De acordo com o «Diário de Notícias», no total, este ano, 71 idosos continuaram internados, à espera de um lugar numa instituição, depois de terem alta clínica.

São casos registados em três dos maiores hospitais do país: Coimbra, Amadora-Sintra e São João, no Porto.

No ano passado, foram mais de 250 as altas adiadas.

Em causa estão situações de idosos que já não têm condições para ficar sozinhos ou doentes cujas famílias não podem ajudar.