O apresentador de televisão da TVI, Manuel Luís Goucha, está arrependido de ter traçado o destino do atual primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

Manuel Luís Goucha escreveu, na sua página oficial no Facebook, que «o vídeo tem vinte anos» e «pelo vistos, a dado momento, mais valia eu estar calado».

Tudo porque, num programa de televisão onde Pedro Passos Coelho se encontrava na plateia, o apresentador sugeriu que daí a dez anos o convidado poderia ser primeiro-ministro do país.

O programa «Olha que Dois», que se estreou em 1993 na RTP1, era apresentado pelos atuais apresentadores da TVI Teresa Guilherme e Manuel Luís Goucha. E um dos elementos do público era Passos Coelho.

Depois de o convidado do programa, o músico Paulo Carvalho, tecer vários elogios ao jovem político, foi então que Manuel Luís Goucha disse: «Daqui a dez anos tê-lo-emos aqui como primeiro-ministro, quem sabe».

Esta afirmação de Goucha surgiu após Paulo Carvalho se referir a um tímido Passos Coelho: «Penso que está nas mãos de gente como ele, e pela seriedade que eu acho que ele tem, o futuro deste país, sejam eles de que partido forem. Gente que pensa e, sobretudo, faz as coisas como ele».

O programa foi recentemente retransmitido na RTP Memória e um excerto do mesmo está agora a circular pelas redes sociais.

Na altura do vídeo, Pedro Passos Coelho tinha acabado de adquirir o lugar de deputado na Assembleia da República, depois de durante quase uma década ter integrado a vice-presidência da Juventude Social Democrata.