Um pequeno incêndio numa churrasqueira em Rio de Mouro, Sintra, ao final da tarde de hoje, provocou apenas danos materiais no estabelecimento, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Segundo explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Agualva-Cacém, Luís Pimentel, foi pelas 19:42 que se deu «uma fuga de gás numa churrasqueira, que se incendiou».

No estabelecimento, situado na Rua António Nobre, encontrava-se um ex-bombeiro, que, com um extintor, apagou prontamente as chamas.

Os bombeiros mobilizaram de imediato para o local três viaturas e dez voluntários, mas quando chegaram já o sinistro estava apagado. A fuga de gás, segundo a fonte dos bombeiros, foi provocada por um descuido durante o desvio de um equipamento para limpeza.

O aparato das forças de socorro provocou curiosidade entre os moradores do prédio de nove pisos, mas os danos ficaram confinados à churrasqueira.