Mais de metade das vagas a concurso na 2ª fase de acesso ao ensino superior ficaram por preencher, com 11.648 lugares deixados vagos em 20.818 colocados a concurso, indicam dados divulgados hoje pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC).

De acordo com os números da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) dos 17.363 candidatos à 2ª fase do concurso nacional, 11.486 foram colocados, sensivelmente o mesmo número do que em 2012 e 2011.

Segundo dados do MEC, apenas 9.211 colocados nesta fase representam novos estudantes no ensino superior, uma vez que 2.275 já estavam matriculados num curso superior, na sequência da colocação obtida em 1.ª fase.

Este ano houve menos cerca de 1.500 candidatos do que em 2012 a esta fase do concurso de acesso ao ensino superior.As mais de 20 mil vagas disponíveis, assim como os mais de 11 mil lugares deixados vagos, são superiores aos números de 2012 e 2011 em cerca de três mil para as vagas a concurso e lugares por preencher.

Em relação à 1.ª fase do concurso de acesso, a DGES revelou que 4.234 alunos colocados numa instituição de ensino superior pública na fase inicial não se matricularam, o que se traduz em 11% do total de alunos colocados não matriculados.

A percentagem de alunos que não se matriculou aumentou gradualmente em função das opções em que são colocados, sendo que são mais de 30% os alunos que não se matricularem quando ficaram colocados quer na sua 5.ª opção, quer na 6.ª.

Ao longo de mais de uma década, considerando dados desde 1999, a percentagem de alunos colocados na 1.ª fase que não se matriculou aumentou progressivamente, dos 8% de 1999 até aos 12% em 2012. Este ano registou-se uma ligeira descida face ao ano anterior, com 11,3% de alunos que não oficializaram a entrada no curso em que foram colocados.

Os dados relativos à 2.ª fase de acesso ao ensino superior estão disponíveis a partir das 00:00 de 26 de setembro no portal da DGES: https://www.youtube.com/watch?v=2XP1jHPp_kQ.

Os alunos colocados na 2.ª fase devem matricular-se entre 26 e 30 de setembro.

A 3.ª fase do concurso, na qual vão estar disponíveis as vagas que sobraram da 2.ª fase e as libertadas pela não concretização de matrículas, vai decorrer entre 03 e 07 de outubro.