A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou esta quarta-feira a apreensão de sete mil queijos de cabra e a suspensão total da unidade de fabrico em Mirandela por ausência de licenciamento para o exercício da atividade.

Em comunicado, a ASAE divulga que terça-feira realizou uma inspeção de controlo, no âmbito do Programa Anual de Controlo das Indústrias de Géneros Alimentícios de Origem Animal, «na sequência de uma ação realizada em março de 2014, a uma queijaria situada na zona industrial de Mirandela que não possuía número de controlo veterinário obrigatório».

De acordo com a autoridade, no âmbito da garantia da Segurança Alimentar, foi totalmente suspensa a indústria, tendo sido apreendidos cerca de sete mil queijos de cabra, num valor aproximado de 60 mil euros.

A ASAE justifica esta ação com o facto de a unidade de fabrico não dispor de licenciamento para o exercício da atividade nem de marca de identificação, conforme aquilo que é previsto por lei relativamente a «regras específicas de higiene aplicáveis aos géneros alimentícios de origem animal».