O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) revelou que nevou hoje nas ilhas do Pico e do Faial, em zonas acima dos 800 metros, uma situação rara nos Açores provocada por uma massa de ar polar.

«Não é frequente, mas não é uma situação anormal», salientou, em declarações à Lusa, o meteorologista da delegação regional dos Açores do IPMA Carlos Ramalho, acrescentando que há dois anos se registou o mesmo cenário.

Por enquanto, o IPMA só tem conhecimento de neve na montanha da ilha do Pico e numa zona a 850 metros de altitude na ilha do Faial, mas é possível que já tenha nevado noutras ilhas (Flores, Terceira e S. Jorge) e que venha a nevar em São Miguel, durante a tarde.

«Não temos observadores meteorológicos a estas altitudes, por isso só sabemos quando alguém nos informa ou quando algum observador de folga se desloca lá», frisou.

A ocorrência de neve nos Açores só é habitual na montanha da ilha do Pico, o ponto mais alto de Portugal. Os registos de hoje foram provocados por uma «massa de ar polar» transportada por uma depressão localizada no Atlântico Norte, segundo o meteorologista.

No grupo central (Terceira, S. Jorge, Pico, Faial e Graciosa) e no grupo ocidental (Flores e Corvo) as temperaturas desceram para os 7 e 8 graus.

No grupo oriental, a temperatura em S. Miguel estava hoje de manhã a 10 graus e em Santa Maria a 11, mas a previsão do IPMA aponta para uma descida ao longo da tarde.

A ilha de Santa Maria não tem zonas com altitude suficiente para que seja previsível a queda de neve, mas em S. Miguel é possível que neve no Pico da Vara, embora a probabilidade seja mais baixa do que nas ilhas dos grupos central e ocidental.

Segundo Carlos Ramalho, já a 28 de dezembro de 2013 as temperaturas desceram, tendo-se registado 6 graus nas ilhas Terceira e S. Miguel, mas como ocorreram numa situação de bom tempo, não nevou.

O IPMA mantém ao longo do dia desta terça-feira um aviso amarelo para as ilhas dos grupos central e ocidental, devido à agitação marítima, mas a ondulação deverá diminuir de 7 para 5 metros durante a tarde, como reporta a Lusa.