As circunstâncias em que um jovem de 18 anos sofreu queimaduras graves, no domingo, num bairro de Évora, vão ser investigadas pela Polícia Judiciária (PJ), revelou hoje à agência Lusa fonte policial.

A mesma fonte relatou que a vítima queixou-se de ter sido atacada por outras pessoas, mas testemunhas ouvidas pela PSP disseram que o jovem tinha pegado fogo a si próprio «sem querer» quando manuseava benzina.

O caso ocorreu, na madrugada de domingo, numa habitação na freguesia da Malagueira, na periferia de Évora.

O jovem sofreu queimaduras graves, tendo sido transportado pelos bombeiros para o Hospital do Espírito Santo de Évora e depois transferido para uma unidade hospitalar em Lisboa.