O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, disse esta segunda-feira à Lusa que não tem conhecimento de portugueses envolvidos no ataque, que começou no sábado passado, a um centro comercial de Nairobi, capital do Quénia.

Vídeo mostra pânico dentro de centro comercial

Islamitas ameaçam matar reféns em centro comercial de Nairobi .

«Até ontem [domingo] à noite não havia informação [de haver portugueses envolvidos]», afirmou esta segunda-feira José Cesário, em declarações à agência Lusa. O secretário de Estado acrescentou que o Governo analisa a possibilidade de emitir um aviso aos viajantes para o Quénia.

O secretário de Estado explicou que a «ponte» com Nairobi é feita através do cônsul de Maputo, Moçambique, já que Portugal não tem representação consular no Quénia.

Presidente do Quénia perde família em ataque terrorista