O número de casamentos aumentou ligeiramente em 2015, quando se realizaram 32.393 matrimónios, 350 dos quais entre pessoas do mesmo sexo, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

VEJA TAMBÉM: 

Pais de mais de metade dos bebés nascidos em 2015 não eram casados

As Estatísticas Vitais do INE referem que, em 2015, realizaram-se em Portugal 32.393 casamentos, mais 915 (2,95 por cento) do que em 2014, quando ocorreram 31.478 matrimónios.

O INE adianta que este “aumento veio contrariar a evolução do número de casamentos dos últimos anos, em que se registou uma diminuição".

Entre 2010 a 2014, a quebra mais significativa verificou-se em 2011, com uma taxa de variação negativa de 9,9% face a 2010, referem as estatísticas, avançando que ocorreram 32.043 casamentos entre pessoas de sexo oposto.

Os dados mostram também que se realizaram 350 casamentos entre pessoas do mesmo sexo no ano passado, mais 42 do que em 2014.

Dos 350 casamentos entre pessoas do mesmo sexo, 223 foram entre homens (mais 42 do que em 2014) e 127 entre mulheres (número idêntico ao de 2014), de acordo com o INE.

Viver junto primeiro e casar depois

As estatísticas mostram igualmente que, em mais de metade dos casamentos realizados em 2015, os noivos já moraram juntos, situação que tem vindo a aumentar significativamente nos últimos anos, passando de 44,2% em 2010 para 54,5% em 2015.

Entre os matrimónios do sexo oposto, cerca de um terço (35,9%) foram celebrados na igreja católica e mais de metade (63,6%) no civil, tendência que se manteve idêntica a 2014.

As estatísticas do INE referem ainda que, em 2015, cerca de metade dos casamentos realizaram-se entre junho e setembro, sendo agosto o mês com maior frequência enquanto fevereiro é o mês com menor número de matrimónios, como refere a Lusa.