Trinta e dois concelhos de dez distritos de Portugal continental apresentam, esta segunda-feira, risco máximo de incêndio, de acordo com informação disponível na página da Internet do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo de incêndio estão vários concelhos dos distritos de Santarém (dois), Castelo Branco (três), Leiria (três), Coimbra (quatro), Guarda (seis), Viseu (oito), Aveiro (dois), Porto (um), Vila Real (dois) e Viana do Castelol (um).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou no domingo 293 incêndios que foram combatidos por 6.654 operacionais, com o auxílio de 1.766 veículos.

ÀS 06:15 desta segunda-feira, de acordo com a informação disponível no site da ANPC na Internet, estavam ativos três incêndios em Braga, Aveiro e Viana do Castelo.

Por dominar estava àquela hora o incêndio em mato que deflagrou às 03:26 desta segunda-feira em Vilarelho-Serafão, concelho de Fafe, distrito de Braga que mobilizava 69 operacionais, apoiados por três veículos.

De acordo com a ANPC, ainda não foi dominado o incêndio, que deflagrou às 16:33 de domingo, em Alvarenga, concelho de Arouca, distrito de Aveiro, que estava a ser combatido por 142 operacionais, com o auxílio de 35 veículos.

Também por dominar estava o incêndio que lavra desde as 14:28 de domingo em Vila/Cabreiro, Parque Nacional Peneda-Gerês, concelho de Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo. Este fogo mobilizava 61 operacionais, com o auxílio de 15 veículos.

O IPMA prevê para esta segunda-feira nas regiões norte e centro do continente céu pouco nublado ou limpo, tornando-se gradualmente muito nublado no litoral a partir da tarde, vento em geral fraco do quadrante sul, tornando-se moderado a forte a partir da tarde nas terras altas e descida da temperatura máxima no litoral.

No sul, prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade, apresentando-se pouco nublado até ao início da tarde no Alentejo, possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca a partir da tarde, vento em geral fraco do quadrante sul, soprando moderado a forte de sueste no Algarve até ao início da tarde e pequena descida da temperatura máxima.

Em Lisboa e no Porto prevê-se uma máxima de 28 graus Celsius, em Leiria, Braga, Bragança e Portalegre 32, em Évora e Coimbra 34, em Castelo Branco e Vila Real 33, Beja e Viseu 31, no Funchal e Faro 25, em Ponta Delgada e Santa Cruz das Flores 23 e em Angra do Heroísmo vinte e dois.