A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um agricultor, de 65 anos, suspeito de ter ateado um incêndio florestal em Armamar, no distrito de Viseu.

Segundo a PJ, o incêndio, ocorrido cerca das 18:30 de domingo, "colocou em perigo uma mancha florestal e habitações, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos meios de combate, designadamente dos populares e dos bombeiros".

A detenção foi feita através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real da PJ, com a colaboração da GNR de Lamego.

Durante este ano, a PJ já identificou e deteve 76 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Veja também: