A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve, na terça-feira, dois jovens de 16 anos responsáveis por vários focos de incêndio em São Pedro do Sul.

«Os suspeitos, no início do mês de maio do corrente ano, durante o intervalo das aulas para o almoço, dirigiram-se, com outros dois menores, a um rio próximo da escola, no concelho de São Pedro do Sul, onde tomaram banho e, no percurso de regresso à escola, foram ateando diversos focos de incêndio, que foram apagando, até que os dois últimos acabaram por dar origem a um incêndio de grandes dimensões, consumindo uma área aproximada de 2,5 hectares de floresta com várias espécies», informa a PJ, esta quarta-feira, em comunicado.

De acordo com a PJ, como se tratava de uma zona com arvoredo e vegetação bastante densa, o incêndio só não tomou proporções ainda maiores porque foi prontamente combatido pelos bombeiros e porque nessa altura do ano os índices de humidade ainda eram elevados.



Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.