Atualizado às 11:39

Mais de 500 bombeiros estão esta terça-feira a combater dois incêndios no distrito de Viseu. O fogo que lavra desde segunda-feira em Sernancelhe (Viseu) e para o qual foram mobilizados hoje de manhã cinco meios aéreos, foi dado como dominado hoje às 11:00, divulgou a Autoridade Nacional da Proteção Civil.

O Segundo Comandante Distrital de Operações de Socorro de Viseu, Henrique Pereira, disse à Lusa, pelas 07:30, que este era o incêndio «mais complicado» do distrito, com «quatro frentes em pinhal, a arder com muita intensidade».

No local estão, de acordo com a ANPC, 331 operacionais, apoiados por 90 veículos e cinco meios aéreos. O fogo em Arnas (Sernancelhe) deflagrou às 12:11 de segunda-feira.

No distrito de Viseu mantém-se ativo um fogo em Ponte Ferreira/Romãs (Sátão), que teve início também na segunda-feira, mas às 14:51. Em Satão, a combater um fogo com uma frente, estavam às 11:10 179 operacionais, apoiados por 51 veículos e quatro meios aéreo.

Já o incêndio que lavrava desde domingo em São Pedro do Sul, no distrito de Viseu, foi dado como dominado hoje às 09:25, refere a página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC). Este fogo chegou a ser combatido por 145 operacionais apoiados por 31 viaturas e um meio aéreo.

De acordo com a página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil o fogo em Arnas (Sernancelhe) deflagrou às 12:11 de segunda-feira, o de Ponte Ferreira/Romãs (Sátão) teve início também na segunda-feira, mas às 14:51, e o de Macieira/Sul (São Pedro do Sul) deflagrou no domingo, às 13:19.