O incêndio em Castro Daire, Viseu, em cujo combate morreu este domingo o piloto de um helicóptero que se despenhou, foi dado já como dominado, segundo informa a página da Proteção Civil na internet.

Este fogo começou às 13:07 de quinta-feira e apenas na tarde de domingo foi considerado dominado.

No terreno mantêm-se quase 100 bombeiros e 21 viaturas.

O helicóptero que hoje se despenhou em Cabril, Castro Daire, foi chamado para o dispositivo de combate a incêndios às 11:45, tendo feito duas descargas de água antes do acidente que ocorreu às 12:25, informou a Proteção Civil.

Estas informações foram prestadas pelo comandante nacional da Proteção Civil, Rui Esteves, numa declaração aos jornalistas, sem direito a perguntas.

O responsável adiantou que o helicóptero da Everjets embateu em linhas de alta tensão, incendiou-se ao bater no solo, provocando a morte do piloto que, desde 2013, integrava este tipo de missões.