A GNR da Guarda identificou um homem de 67 anos, em Albardo, naquele concelho, por ter impedido um helicóptero de combate a incêndios de utilizar água de uma piscina para apagar as chamas próximo daquela localidade.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem atirou pedras ao helicóptero e impediu o piloto de utilizar água de uma piscina situada num terreno agrícola para apagar um incêndio que começou pelas 13:50.

O piloto deu conhecimento da situação e a GNR deslocou-se, posteriormente ao local e identificou o homem, indicou.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda disse à Lusa que o fogo foi extinto pelas 14:24 e foi combatido pelo helicóptero e por quatro viaturas e 17 homens dos bombeiros de Guarda, Gonçalo e Sabugal, noticia a Lusa.