Um homem de 58 anos foi detido devido às suspeitas de ter provocado um incêndio florestal que queimou seis mil metros quadrados de mato, quando estava a fazer uma queimada em Vila Flor, Bragança, divulgou hoje a GNR.

Em comunicado, o Comando Territorial de Bragança da Guarda Nacional Republicana (GNR) acrescenta que o suspeito “ficou sujeito a termo de identidade e residência” após ter sido presente às autoridades judiciárias.

De acordo com a GNR, o homem “estava a fazer uma queima de sobrantes quando as chamas se alastraram”, queimando “seis mil metros quadrados de mato” no concelho de Vila Flor, distrito de Bragança.

O suspeito de provocar um “incêndio florestal no concelho de Vila Flor” foi detido na sexta-feira, através do Posto Territorial de Mirandela, acrescenta a GNR.