A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira que deteve um homem de 85 anos suspeito de ter desencadeado uma queimada de sobrantes que rapidamente deu lugar a um incêndio na Soalheira, concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Em nota de imprensa, o Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda esclarece que o suspeito foi "localizado e intercetado pela GNR da Covilhã e que a queimada originou um fogo de preocupante dimensão", que "só não atingiu proporções e gravidade ainda maiores devido à rápida e eficaz intervenção dos bombeiros".

A PJ lembra que tratando-se de um crime da sua competência investigatória "desencadeou de imediato todas as diligências pertinentes, que culminaram, já no dia de hoje, com a apresentação do detido às competentes autoridades judiciárias, tendo em vista o seu interrogatório judicial e a necessária submissão do mesmo a adequadas medidas de coação ou de segurança".

Segundo o referido nesta nota, no corrente ano a PJ já identificou e deteve 107 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.