Trinta e nove concelhos de sete distritos de Portugal continental apresentam este sábado risco ‘máximo’ de incêndio, segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponível no "site" do Instituto, estão sob risco ‘máximo’ de incêndio vários concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Castelo Branco, Viseu, Leiria, Portalegre e Faro.

No distrito de Leiria, onde há uma semana um fogo que deflagrou em Pedrógão Grande causou 64 mortos e mais de 200 feridos, o IPMA coloca o concelho de Alvaiázere como estando em risco ‘máximo’ de incêndio.

O IPMA colocou também em risco ‘muito elevado’ e 'elevado' de incêndio vários concelhos dos 18 distritos de Portugal continental.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre ‘Reduzido’ e ‘Máximo’.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou também o distrito de Faro sob "aviso amarelo" até às 22:00 deste sábado devido à "persistência de valores elevados da temperatura".

O 'aviso amarelo', o terceiro menos grave de uma escala de três, indica situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Pequena subida das temperaturas

O IPMA prevê para este sábado céu geralmente pouco nublado, apresentando-se temporariamente muito nublado, em especial nas regiões centro e sul onde há possibilidade de aguaceiros fracos.

O vento soprará em geral fraco, soprando moderado do quadrante norte no litoral e nas terras altas, em especial durante a tarde, com rajadas até 60 quilómetros/hora nas terras altas do Algarve.

Prevê-se ainda uma pequena subida da temperatura mínima na região sul e subida da temperatura no Algarve.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 27 graus Celsius em Lisboa, 23 no Porto e 35 em Faro.