O Governo vai incentivar os portugueses a passarem as férias de Natal na região centro de Portugal, fustigada pelos incêndios, através de uma campanha hoje lançada que visa “normalizar a procura”, uma vez que houve cancelamentos de viagens e estadias por causa dos fogos.

Houve cancelamentos nesta região e estamos a trabalhar com os operadores, mas também com todas as câmaras, no sentido de criar campanhas de promoção muito focadas e muito pragmáticas para normalizar a procura”

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, indicou à Lusa que é hoje lançada uma campanha de meios digitais para apelar para “que as pessoas vão fazer as compras de Natal no centro de Portugal e que também ponham nas suas agendas passar os próximos feriados na zona centro e também a passagem de ano”, para que esta zona do país “recupere rapidamente”.

O lançamento será feito durante o jogo de preparação para o Mundial 2018 entre a seleção portuguesa e a dos Estados Unidos, que decorre hoje, em Leiria, no âmbito de uma parceria entre o Governo e a Federação Portuguesa de Futebol.

O objetivo é “aproveitar a notoriedade e visibilidade” para chegar aos espetadores do jogo, referiu Ana Mendes Godinho. O investimento nesta campanha ainda não está quantificado.

Mais de 40 empreendimentos do Centro do país foram afectados pelos fogos. Os operadores apelam para que ninguém desista de visitar a região.

Morreram 45 pessoas nos incêndios de outubro e mais de 70 ficaram feridas. Já nos fogos iniciados em Pedrógão Grande, em junho, pelo menos 64 pessoas perderam a vida e mais de 200 ficaram feridas. A região Centro do país ficou devastada, com prejuízos de muitos milhões de euros.