Uma bombeira sofreu nesta tarde queimaduras numa perna quando combatia o incêndio que lavra em Santa Comba Dão.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu, citada pela agência Lusa, trata-se de uma bombeira da corporação de Cabanas de Viriato (Carregal do Sal), que foi transportada ao centro de saúde, desconhecendo-se o grau da queimadura.

Este incêndio em Santa Comba Dão, que deflagrou cerca das 14:20 desta quinta-feira em Castelejo/Cernada, tem oito focos ativos junto à linha ferroviária da Beira Alta.

A situação está a evoluir favoravelmente nos oito focos de incêndio", referiu a mesma fonte cerca das 18:30, acrescentando que a linha se mantém fechada entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal.

No combate às chamas estão 110 operacionais, apoiados por 28 viaturas e um helicóptero.

Um outro bombeiro, que combatia o fogo em Cercal, Ourém, foi já transportado para o hospital de Leiria, com ferimentos ligeiros, segundo fonte da Proteção Civil.

Trata-se de um operacional da Força Especial de Bombeiros (FEB), que pertence à equipa helitransportada da FEB estacionada em Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém.

"Há registo de um ferido ligeiro, um elemento da Força Especial de Bombeiros, devido ao desgaste causado pelo esforço físico despendido. Foi assistido no local e, posteriormente, transportado ao hospital de Leiria", disse a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

O incêndio, que lavrou em zona florestal desde as 13:27 em Cercal, chegou a mobilizar 200 bombeiros, 60 viaturas e dois meios aéreos, tendo entrado em fase de resolução às 18:00.

No terreno estiveram as corporações de bombeiros de Sardoal, Abrantes, Torres Novas, Fátima, Caxarias, Alcanena e Ferreira do Zêzere.