Dois bombeiros ficaram feridos esta segunda-feira no combate a um incêndio que deflagrou às 16:40 em Vale de Amêndoa, Mação, distrito de Santarém. O fogo foi dominado às 19:15.

Dois bombeiros ficaram feridos, são ferimentos leves, e tiveram de ser assistidos no local devido a traumas que ocorreram na ação de combate ao incêndio", disse à Agência LUSA, o comandante Nuno Morgado, do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

O fogo chegou a ter três frentes ativas em zona de eucaliptal e floresta no território da União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira. Para o apagar foram precisos 233 operacionais, apoiados por 64 viaturas e ainda sete meios aéreos, tendo em conta os "ventos fortes, o declive do terreno e a dificuldade de acesso" que complicaram a tarefa dos bombeiros.

Incêndios em Braga

Desde as 6:50 de segunda-feira que um incêndio lavra em Cabeceiras de Basto com três frentes ativas. Foi "dominado" ao final da manhã, mas reacendeu-se cerca das 15:00.

"Ao final da manhã foi dominado mas graças ao vento, que em nada ajudou, voltou a crescer e foi preciso reposicionar tudo novamente", explicou a fonte da Proteção Civil, ouvida pela Agência LUSA.

O fogo, na freguesia de Cavez, estava a ser combatido por cerca de 100 operacionais às 21:00.

Com seis frentes de fogo ativas, continuava à mesma hora a lavrar um incêndio no concelho de Vila Verde. Cerca de 150 operacionais estão no local, tendo o fogo obrigado a recorrer a dois aviões de porte médio.