A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de um homem de 46 anos suspeito de ter cometido um crime de incêndio florestal, na terça-feira, em Barcelos.

Em comunicado, a PJ refere que o homem "tem antecedentes criminais por factos idênticos".

O homem ateou fogo na terça-feira "num quadro de alcoolismo". Utilizou "um isqueiro, numa mata junto da sua residência, também na proximidade de outras habitações".

As chamas, indica a PJ, só atingiram maiores proporções "devido à rápida intervenção dos bombeiros".