Cinco concelhos dos distritos de Castelo Branco, Guarda e Viseu apresentam este domingo risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Durante a noite, o incêndio de Vouzela obrigou mesmo ao encerramento do IP5 e da A25.

Estão em risco máximo de incêndio os concelhos de Vila Nova de Paiva e Sernancelhe, no distrito de Viseu, Aguiar da Beira e Trancoso, no distrito da Guarda, e Oleiros, em Castelo Branco.

De acordo com informação publicada no site do IPMA, todos os concelhos de Viana do Castelo estão sob risco elevado e muito elevado de incêndio, assim como os distritos de Viseu, Guarda e Castelo Branco.

Estão ainda em risco muito elevado de incêndio os concelhos de Mação e do Sardoal, em Santarém, de Monchique, em Faro, Barrancos, em Beja, e Carreiras, Ribeira de Nisa, Reguengo e Urra, no distrito de Portalegre.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade até ao meio da manhã no litoral da região Centro e no interior do Alto Alentejo.

O vento soprará em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante norte, sendo, em especial durante a tarde, moderado (20 a 30 km/h), de noroeste na faixa costeira ocidental e de sudoeste no sotavento algarvio.

Nas terras altas das regiões norte e centro, o vento soprará temporariamente moderado (20 a 30 km/h) de nordeste até ao início da manhã.

Neblina ou nevoeiro matinal no litoral centro e pequena descida de temperatura, em especial nas regiões do interior.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 28ºC em Lisboa, 27ºC no Porto e 27ºC em Faro.

Para os Açores, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado com boas abertas no grupo Ocidental e aguaceiros fracos e pouco frequentes nos grupos Central e Oriental.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, com aguaceiros fracos.

Pelas 10:00 deste domingo, dos incêndios graves apenas restava o incêndio de Outeiro, em Cabeceiras de Basto, mas a noite foi complicada para os bombeiros no distrito de Viseu e, pela madrugada, havia cerca de 300 homens no combate às chamas.

Já esta manhã, a Proteção Civil acionou, às 08:00, dois aviões bombardeiros para combater o fogo que lavra desde a tarde de sábado em Rocha, no concelho de Vouzela, no distrito de Viseu, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), citava a Lusa.