Cinco bombeiros ficaram feridos sem gravidade no incêndio que deflagrou no domingo em Vila Velha de Ródão, onde mais de 70 bombeiros permanecem ao início da manhã desta segunda-feira nas operações de rescaldo, segundo a proteção civil.

De acordo com fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, os feridos não inspiram cuidados.

Cerca das 08:30 participavam nas operações de rescaldo 73 bombeiros, apoiados por 33 viaturas, de corporações dos distritos de Castelo Branco e Portalegre.

Do distrito de Castelo Branco estavam elementos das corporações da Covilhã, Sertã, Fundão, Castelo Branco, Penamacor, Oleiros, Proença-a-Nova, Idanha-a-Nova, Vila velha de Ródão e Cernache do Bonjardim, enquanto do distrito de Portalegre estavam bombeiros das corporações de Ponte Sor, Castelo de Vide, Nisa, Gavião e Elvas.

O fogo deflagrou cerca das 14:00 de domingo num parque de armazenamento de madeira no exterior da empresa de celulose Celtejo, em Vila Velha de Ródão.

Desconhecem-se ainda as causas do incêndio.