Um incêndio que deflagrou às 11:00 desta quarta-feira no Guardão, concelho de Tondela, tem uma das frentes a dirigir-se para a vila do Caramulo, mas que «está a ficar resolvida», disse o segundo comandante operacional distrital de Viseu.

Em declarações à agência Lusa cerca das 15:00, Henrique Pereira explicou que o fogo tem três frentes ativas, sendo aquela a mais preocupante.

«Mas estão bombeiros posicionados para que o incêndio não chegue à vila», garantiu, acrescentando que essa frente «está a ficar resolvida».

Segundo Henrique Pereira, as outras duas frentes estão a dirigir-se «para o alto da serra, de um lado e de um outro, numa zona mais de mato», não havendo, para já, povoações em risco.

Durante o combate às chamas, um bombeiro caiu e teve de ser transportado ao hospital.

«Deve ter algum problema num membro superior, não sei se está partido ou não. Foi ao hospital para avaliar», referiu o segundo comandante operacional distrital de Viseu.

De acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, este fogo está a ser combatido por 163 operacionais, 147 dos quais bombeiros, apoiados por 44 veículos e três meios aéreos, segundo relata a Lusa.