A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem suspeito de ter ateado quatro incêndios em Vale de Mendiz, concelho de Alijó, que consumiram cerca de quatro hectares de mato.

A detenção foi efetuada através da Unidade Local de Investigação Criminal da PJ de Vila Real que, este ano, já deteve oito suspeitos do crime de incêndio florestal na sua área de intervenção.

Segundo a PJ, o detido de Alijó, de 53 anos, é o presumível autor de quatro incêndios que ocorreram em quatro dias diferentes de julho (13, 18, 21 e 29).

Em comunicado a Judiciária refere que os fogos colocaram «em perigo uma vasta mancha florestal e de plantação de vinha, de valor elevado, não se tendo alastrado em maiores proporções dada a pronta intervenção dos bombeiros».

O suspeito vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.