A Proteção Civil emitiu, esta sexta-feira, um comunicado em que alerta o país para a vaga de calor que vai atingir o país nas próximas 48 horas e que mantém as regiões do interior Norte e Centro e na região Sul, em particular no Algarve, em risco muito elevado de incêndio

No sábado, vai registar-se um ligeira subida da temperatura máxima na região Sul (30ºC – 35ºC) até sábado, 24 de junho, enquanto que a humidade relativa do ar apresenta valores inferiores a 30% nas regiões do interior do Continente e inferiores a 20% no interior do Alentejo e no Algarve, com
recuperação para valores mais elevados durante a noite, exceto no sotavento algarvio.

Também irá sentir-se até sábado vento moderado em todo o território. A partir de sábado é esperada alguma instabilidade com probabilidade muito baixa de aguaceiros fracos e dispersos, trovoadas e rajadas de vento.

Perante estas alterações climatéricas, a Proteção Civil diz que é expectável tempo quente e vento moderado a forte com permanência de condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais.

Desde quinta-feira é proibida a realização de queimadas, de fogueiras, utilização de equipamentos de queima e de combustão, queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração e o lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes.

Está igualmente proibido fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem, a fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.