«O crime de incêndio, que só não assumiu consequências mais gravosas devido à rápida e eficaz intervenção do proprietário da residência, terá sido praticado num contexto de conflitualidade recorrente entre o suspeito e o seu pai.»