Mais de 400 bombeiros estão nesta quinta-feira à tarde a combater quatro incêndios: em Penedono, Moimenta da Beira, Boticas e Miranda do Douro.

O incêndio que deflagrou às 13:35 na localidade de Castelo, concelho de Moimenta da Beira, no distrito de Viseu, e que tem duas frentes ativas, é o que está a mobilizar mais meios, segundo dados recolhidos às 16:45 na página da Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

No combate às chamas, numa área de floresta, estão 194 bombeiros, quatro sapadores florestais e 52 veículos, que contam com a ajuda de um helicóptero bombardeiro.

No mesmo distrito, em Castainço, no concelho de Penedono, arde em três frentes um outro fogo, que teve início às 12:26, numa zona de mato.

Os 107 bombeiros que estão no terreno contam com a ajuda do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, da Força Especial de Bombeiros, dos Sapadores Florestais e do Grupo de Análise e Uso de Fogo (GAUF), num total de 170 operacionais. No local estão 41 veículos operacionais e um helicóptero bombardeiro.

No concelho de Boticas, distrito de Vila Real, está a lavrar um incêndio em mato desde as 11:38 e que tem quatro frentes ativas.

No local encontram-se 80 bombeiros, oito elementos do GIPS e três do GAUF, 23 veículos operacionais e dois aviões bombardeiros.

Na localidade de Cicouro, concelho de Miranda do Douro, distrito de Bragança, deflagrou às 15:23 um incêndio em mato, que arde numa frente.

As chamas estão a ser combatidas por 54 bombeiros e oito elementos do GIPS, com o apoio de 14 veículos operacionais, dois helicópteros bombardeiros e dois aviões bombardeiros.