A Polícia Judiciária deteve um homem, de 76 anos, indiciado pela prática de um crime de incêndio florestal ocorrido em Amarante, anunciou a PJ.

Segundo a PJ, o incêndio ocorreu no dia 5 de julho, cerca das 18:15, numa zona florestal, "tendo colocado também em perigo várias habitações ali existentes".

O detido, reformado, vai ser presente à autoridade judiciária para primeiro interrogatório e sujeito às medidas de coação.

Desde o início do ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 48 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal, sendo que este ano, o número já foram detidas 60 pessoas, segundo os últimos dados da GNR e da PJ.