O incêndio que deflagrou nesta quinta-feira perto de Crato já se encontra em fase de rescaldo, depois de dominado às 16:22.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre disse à agência Lusa que as chamas consumiram uma área ainda por determinar de pasto, eucaliptos e sobreiros.

O fogo deflagrou junto a uma linha ferroviária, perto da estação de Crato, devendo ter tido origem num comboio, o que motivou a existência de várias frentes - que chegaram a ser seis.

O alerta para o incêndio foi dado às 13:11, tendo sido mobilizados 239 operacionais de todas as corporações de bombeiros do distrito de Portalegre, apoiados por 65 viaturas e dois meios aéreos.

Para o local foi acionado o Grupo de Reforço para Combate a Incêndios Florestais (GRIF) de Santarém e um Grupo de Reforço para Ataque Ampliado (GRUATA), da Força Especial de Bombeiros (FEB).

Segundo a fonte do CDOS, não há registo de danos pessoais.