Notícia atualizada às 11:41

Um incêndio destruiu esta segunda-feira um apartamento e provocou danos em outros dois no edifício Elias Garcia I, no Funchal, sem causar feridos, disse fonte dos bombeiros.

De acordo com Nelson Bettencourt, comandante dos Bombeiros Municipais do Funchal, o fogo deflagrou num apartamento «do quarto andar, que ficou destruído depois da explosão de uma botija de gás».

«A ignição na sala teve uma propagação muito rápida, razão pela qual estamos à espera da Polícia Judiciária para perceber o que se passou», adiantou o responsável.

O comandante explicou que, «em simultâneo, deu-se uma explosão que fez com que o fogo se propagasse a todo o apartamento, que ficou totalmente destruído, e provocou danos avultados nos dois apartamentos laterais».

Nelson Bettencourt disse que foi efetuada a retirada de todos os moradores dos andares superiores ¿ o prédio tem sete pisos, e não dez, como inicialmente revelado - e que «não houve feridos», até porque o incêndio aconteceu numa ocasião em que «muitas pessoas [moradores] já estavam a trabalhar».

«Neste momento o fogo está circunscrito e estamos na fase de rescaldo», disse o comandante, informando que no local estão cerca de 25 elementos das duas corporações de bombeiros do Funchal (Municipais e Voluntários Madeirenses), além efetivos da PSP.