O “presumível autor do incêndio florestal" que deflagrou na segunda-feira no concelho de Alcanena, em Santarém, foi detido, segundo refere a Polícia Judiciária (PJ) de Leiria, em comunicado.

O homem, de 43 anos e sem ocupação profissional, é suspeito do crime, depois de atear três focos de incêndio "em áreas arborizadas na localidade de Carvalheiro - Alcanena, pelas 14:00”.

Segundo a PJ, o suspeito agiu ""num quadro impulsivo e depressivo".

O detido será presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação de medidas de coação.

O alerta do incêndio em Alcanena foi dado pelas 14:19 e no terreno estiveram 112 operacionais, 37 viaturas e dois meios aéreos para combater as chamas.