Um bombeiro sofreu queimaduras e outro ficou intoxicado com o fumo de um incêndio que lavra desde a madrugada desta quinta-feira no concelho de Nelas, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu.

De acordo com a fonte, os dois bombeiros foram retirados do teatro de operações para serem assistidos, um deles com queimaduras numa mão e o outro por intoxicação com fumo.

O incêndio está a consumir mato na localidade de Fontanheiras, no concelho de Nelas, desde as 03:00 de hoje.

«Não há casas em risco, a povoação mais próxima é a de Moreira e fica a cerca de dez quilómetros», acrescentou.

De acordo com a página de Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o fogo - que estava há várias horas ativo em duas frentes - passou a ter apenas uma frente ativa às 15:22.

No combate ao incêndio estão 257 operacionais, apoiados por 58 viaturas e três meios aéreos (um helicóptero e dois aviões de ataque inicial).

Entretanto, o incêndio que lavra desde as 12:17 numa zona de floresta no concelho de Coruche tem uma frente ativa, estando as chamas a ser combatidas por 100 homens, apoiados por 32 veículos e dois aviões.

«O incêndio consome uma área florestal, ainda não está dominado, mas não há nenhuma habitação em risco. O vento, que está muito forte e as temperaturas de 40 graus estão a complicar o combate ao fogo. Além dos bombeiros, as chamas estão a ser combatidas por dois aviões anfíbios», explicou à agência Lusa, Joaquim Chambel.