Trata-se de um estudante, que vai ser presente a interrogatório judicial, no qual lhe deverão ser aplicadas medidas de coação.

Segundo a Polícia Judiciária (PJ), o jovem de 16 anos detido é suspeito de ter ateado um incêndio florestal numa área florestal de Vila Chã do Monte, no concelho de Tarouca.

Colocou em perigo uma densa área florestal, que apenas não foi consumida devido à rápida intervenção dos meios de combate, designadamente três corporações de bombeiros e um meio aéreo", refere o comunicado da PJ.

O incêndio em causa "consumiu cerca 1,5 hectares de povoamento de carvalho, eucalipto e mato".

Durante este ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 53 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.