Mais de 350 bombeiros apoiados por mais de 100 veículos operacionais combatiam, às 07:45 desta quarta-feira, sete incêndios em Portugal, dos quais três são no distrito de Braga e dois em Viseu.

De acordo com informação divulgada na página de internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil, o fogo que está a ser combatido por mais meios é o de Pendilhe, no concelho de Vila Nova de Paiva, em Viseu.Este fogo, que teve origem num reacendimento ao início na tarde de segunda-feira, já apresentou cinco frentes ativas, mas hoje de manhã estava com uma frente.No local estão 147 homens, ajudados por 46 veículos.

O distrito de Viseu regista ainda mais um incêndio, no concelho de Lamego, onde estão 43 bombeiros e 10 carros de combate a tentar apagar duas frentes ativas na localidade de Perafita.

O distrito com mais fogos é, no entanto, Braga, onde lavram três incêndios, que estão a ser combatidos por um total de 106 bombeiros. Os três fogos tiveram início registado na quarta-feira, sendo o do Gerês o mais antigo. Neste local estão 10 operacionais e dois veículos a combater uma frente em «escarpa inacessível a meios terrestres», segundo refere a Proteção Civil no seu site.

Os outros dois incêndios do distrito localizam-se em Vilela, Rui Douro, onde estão 67 operacionais e 18 carros de operações, e em Tojeira, Ruivães, combatido por 44 bombeiros e 16 veículos.

A página da Proteção Civil dá ainda conta de um fogo em Vilarelho, no concelho de Vila Pouca de Aguiar (Vila Real) e de outro em Santo André, em Monção (Viana do castelo). Dos dois, o que envolve mais meios é o primeiro, onde estão 63 operacionais e 15 veículos a tentar apagar uma frente de fogo, enquanto o de Monção está a ser combatido por 24 operacionais e cinco veículos.

A página da Autoridade nacional da Proteção Civil refere que, desde as 00:00 de hoje, foram registados 67 incêndios, sendo que na quarta-feira foram combatidos 311 fogos por mais de 4.800 operacionais e quase 1.300 veículos.