O incêndio florestal que deflagrou esta segunda-feira em Quiaios, Figueira da Foz, às 15:15, entrou em fase de resolução às 17:45.

De acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o incêndio estava às 17:45 a ser combatido por 254 bombeiros, 64 veículos e 10 meios aéreos.

A barra do porto da Figueira da Foz, no distrito de Coimbra, foi encerrada à navegação para permitir que os meios aéreos envolvidos no combate ao fogo se possam abastecer de água no estuário do Mondego, disse à agência Lusa o comandante do porto, Silva Rocha.

O incêndio lavra numa área florestal próxima do centro hípico de Quiaios, vulgarmente conhecida por mata florestal de Quiaios.