A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve dois presumíveis autores de incêndios florestais registados em outubro em Fafe e em Guimarães, anunciou esta quarta-feira aquela autoridade.

Em comunicado, a PJ refere que um dos detidos terá ateado um incêndio que deflagrou na tarde de 9 de outubro num terreno na freguesia de Estorãos, Fafe.

O homem, de 41 anos, terá ateado fogo como forma de proceder à limpeza do mato próximo da sua residência.

O outro detido reside em Guimarães e está indiciado pela autoria de um incêndio ocorrido na noite de 28 de outubro, em monte “densamente arborizado”, na freguesia de Prazins Santa Eufémia, naquele concelho.

O suspeito, de 37 anos, “terá atuado num quadro de consumo excessivo de bebidas alcoólicas e sem justificação para o seu ato”.

Os detidos vão ser apresentados às autoridades judiciárias para interrogatório e aplicação das respetivas medidas de coação.

Em 2017, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 116 presumíveis autores de crimes de incêndio florestal.