Populares de Borbela, Vila Real, intercetaram um suspeito de ter ateado seis focos de incêndio e que foi depois detido pela Polícia Judiciária, anunciou esta quarta-feira a PJ, que já deteve 47 incendiários este ano.

O homem, de 30 anos, é suspeito de ter ateado seis focos de incêndio ao final da tarde de terça-feira, na localidade de Ferreiros, freguesia de Borbela, que consumiram cerca 0,5 hectares de área agrícola.

Após ter incendiado esta área, o suspeito foi intercetado pelos populares e entregue a militares do comando da GNR de Vila Real.

Posteriormente foi detido por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal da PJ de Vila Real.

O incêndio, que ocorreu cerca das 19:30 de terça-feira, colocou em perigo uma área agrícola, habitações, armazéns e veículos automóveis, de valor consideravelmente elevado.

Segundo a PJ, estes bens “apenas não foram consumidos devido à rápida intervenção dos meios de combate, nomeadamente bombeiros e populares”.

O detido, sem ocupação laboral, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas coação tidas.

Em 2015, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 47 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.