A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, nesta segunda-feira, a detenção de uma mulher suspeita de ter ateado um incêndio florestal, em Moimenta da Beira, distrito de Viseu, na última sexta-feira.

A detida, de 51 anos, sem ocupação laboral, ficou em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa.

O fogo ocorreu a 23 de junho, cerca das 14:30, e colocou em perigo uma mancha florestal e habitações que “apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos meios de combate, designadamente dos populares e dos bombeiros”, indicou a PJ.

Na identificação e detenção da mulher, a Polícia Judiciária contou com a colaboração da GNR de Moimenta da Beira.