Um trabalhador agrícola de 51 anos foi detido esta sexta-feira por suspeita de ter ateado um fogo na Granja, Vila Pouca de Aguiar, que consumiu cerca de 0,1 hectares de mato no dia 11 de agosto.

O homem vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Segundo os dados da Polícia Judiciária, este ano já foram identificados e detidos 43 suspeitos de crimes de incêndio florestal em todo o país.