A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve um homem de 84 anos, suspeito de ter ateado um incêndio florestal que ocorreu no domingo em S. Pedro do Sul, no distrito de Viseu.

Segundo um comunicado da PJ, o detido, um silvicultor reformado, terá alegadamente ateado o incêndio com o recurso a um isqueiro, através de chama direta na abundante vegetação seca que se encontrava no local.

"Apenas a pronta deteção do início do fogo por duas pessoas que ali passavam permitiu um rápido e eficaz combate do mesmo pelos bombeiros e por um meio aéreo, evitando que o mesmo atingisse proporções de relevo, já que se está em presença de uma mancha florestal de elevada área e densidade constituída maioritariamente por pinheiros e carvalhos", refere o comunicado que a Lusa cita. 

A PJ não conseguiu determinar qualquer motivação racional ou explicação plausível para a prática dos factos em investigação.

O suspeito, que foi detido com a colaboração do Serviço de Proteção do Ambiente e Natureza da GNR de Viseu, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação adequadas.

O incêndio que teve início na tarde de domingo, na berma da Estrada Municipal n.º 585, na freguesia de Sul, foi combatido por 76 homens com a ajuda de 20 viaturas e um meio aéreo. A ocorrência foi declarada encerrada às 18:28.