A Polícia Judiciária deteve uma mulher de 45 anos, suspeita de ter ateado um incêndio florestal na freguesia de Abaças, no concelho de Vila Real.

A detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real que, em comunicado, referiu que a mulher, uma doméstica, está fortemente indiciada pela prática do crime de incêndio florestal.

O fogo ocorreu no dia 10 de julho e, segundo a PJ, colocou em perigo uma vasta mancha florestal, constituída essencialmente por povoamento de pinheiro bravo e área agrícola composta por vinha, de valor elevado, de acordo com  a Lusa.

A polícia disse ainda que estas áreas “não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e de meios aéreos”.