A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve a presumível autora de um crime de incêndio numa escola básica de Cabeceiras de Basto e numa viatura do mesmo município, anunciou hoje aquela autoridade.

"Por motivos desconhecidos, a suspeita terá ateado cinco incêndios no interior da escola, causando prejuízos de valor consideravelmente elevado, o que levou ao encerramento do estabelecimento por razões de segurança", refere a PJ, em comunicado.

Os factos começaram em março, repetiram-se em setembro e culminaram a 31 de outubro, com o incêndio de uma viatura daquele município que se encontrava estacionada junto às piscinas em Arco de Baúlhe.

A detida tem 36 anos de idade, é assistente operacional e vai ser presente às autoridades judiciárias para interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.