O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) inaugura na sexta-feira o primeiro Centro Nacional de Ensaios Clínicos do Serviço Nacional de Saúde, que vai fazer testes maioritariamente em pessoas saudáveis, com a presença de vários prémio Nobel.

A inauguração ocorre no contexto da realização de um evento científico, que contará com a presença de quatro laureados Nobel da Medicina e da Química e ainda investigadores nacionais, no âmbito do Nobel Day.

Os laureados são Bruce Beutler, Nobel em Medicina que desenvolverá uma conferência sobre o tema «Mutagénese aleatória para descobrir a função dos genes»; Tim Hunt, Nobel em Medicina, que produzirá uma conferência sobre «Como ganhar um Prémio Nobel: o controlo da divisão celular»; Jean-Marie Lehn, Nobel de Química, com o tema «Da matéria à vida: Química? Química!»; e Aaron Ciechanover, Nobel de Química, que falará sobre «A Revolução da Medicina Personalizada: Será que vamos curar todas as doenças? E a que preço?»

O presidente do CHUC, Martins Nunes, falou à Lusa da importância do centro, onde os ensaios de fase I visam essencialmente o estudo da segurança dos medicamentos. «Este centro é muito importante por três razões. Em primeiro, porque coloca o CHUC e o país na vanguarda da inovação e da investigação sob ensaios clínicos e dispositivos médicos e tecnologias inovadoras», diz.

Permitirá também às «empresas portuguesas que habitualmente faziam estes estudos no estrangeiro, que agora os possam fazer em Portugal», acrescenta, bem como a empresas estrangeiras optarem pelo nosso país.

«Em terceiro lugar, na cadeia do desenvolvimento da inovação, permite-se que os doentes tenham acesso mais precocemente a medicamentos e a equipamentos inovadores», diz Martins Nunes.

O investimento em infraestruturas é inferior a cem mil euros e todo apoiado por mecenas, explicou também.