Dez trabalhadores de uma fábrica têxtil do concelho de Mangualde sofreram esta quarta-feira uma intoxicação por inalação de lixívia, disse fonte dos Bombeiros Voluntários de Mangualde.

De acordo com o adjunto do comando dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, Márcio Teles, dez trabalhadores sofreram uma intoxicação por inalação de lixívia, quando se encontravam a laborar na zona de confecções da fábrica têxtil Mazur.

O alerta foi dado pouco depois das 10:00, tendo os bombeiros assistido no local três das vítimas.

As outras sete vítimas foram encaminhadas para o Centro Hospitalar Tondela-Viseu", referiu.

Márcio Teles explicou ainda que esta intoxicação por inalação de lixívia aconteceu quando os trabalhadores realizavam um procedimento que é habitual, apontando o calor como possível causa.

No local estiveram 16 homens apoiados por oito viaturas dos Bombeiros de Mangualde, Nelas e Penalva do Castelo e ainda o INEM.