Seis estrangeiros foram detidos numa operação conjunta do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e das autoridades francesas, relacionada com o transporte de imigrantes ilegais para Portugal, foi hoje divulgado.

Cinco das detenções ocorreram em França, tendo, em Portugal, o SEF detido um homem, de 33 anos, na sequência de buscas ao seu domicílio e viatura, ao abrigo de mandados judiciais.

A investigação criminal decorria há cerca de dois anos, sob a direção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, em coordenação com as autoridades francesas, visando um grupo de pessoas que se dedicam ao transporte de imigrantes em situação ilegal de vários países da União Europeia para Portugal, para aqui se regularizem, recorrendo a documentação falsa ou obtida fraudulentamente.

Durante a " Operação Bouquet", os movimentos da rede foram atentamente vigiados, recolhendo-se prova abundante da atuação do grupo que auferia avultados rendimentos do pagamento dos "serviços" prestados aos imigrantes ilegais que angariavam.

As viagens faziam-se por via terrestre, em carros ligeiros e em monovolumes, tendo como origem e destino vários países europeus.

A operação foi desencadeada, com o acompanhamento das agências europeias EUROPOL e EUROJUST, numa primeira fase em França.

Em Portugal, a operação teve início na madrugada do dia 30, aguardando-se novos desenvolvimentos.