A GNR de Santa Maria da Feira deteve hoje, de madrugada, 12 pessoas por exploração ilícita de jogo, prática ilícita de jogo e presença em local de jogo ilícito, informou hoje aquela força de segurança.

As detenções ocorreram durante uma busca pelas 02:00 a um estabelecimento de restauração e bebidas na localidade de São João de Ver, Santa Maria da Feira.

A operação realizou-se no âmbito de um inquérito criminal relacionado com a prática de jogo ilegal que decorria há vários meses, após terem sido feitas várias denúncias.

«As denúncias foram feitas por familiares de pessoas que estavam a passar dificuldades, porque perdiam todo o dinheiro no jogo», disse à Lusa fonte da GNR.

A busca ao café permitiu confirmar a existência de jogo ilegal (poker) que funcionava na área de acesso reservado ao pessoal do estabelecimento.

O proprietário do café foi detido, assim como nove pessoas que se encontravam a jogar e outras duas que estavam no local, àquela hora.

Durante a operação foram apreendidos mais de dois mil euros e diverso material relacionado com a atividade desenvolvida, nomeadamente 488 fichas de jogo, 11 telemóveis, 1 computador, 1 agenda, baralhos de cartas e ainda 4 doses de haxixe.

As autoridades instauraram ainda dois novos processos-crime, cinco autos de contraordenação por infrações diversas relacionadas com o estabelecimento e dois autos de ocorrência por consumo de estupefacientes.

Na operação estiveram empenhados 25 militares da GNR e dois inspetores do Serviço de Inspeção de Jogos.