A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou esta sexta-feira a detenção de uma mulher suspeita de ter roubado um gerente de um estabelecimento comercial que se preparava para depositar cerca de 40 mil euros numa caixa Multibanco, no concelho de Ílhavo.

Segundo fonte da PJ, a detida, de 20 anos, terá agido em coautoria com outros indivíduos que ainda não foram identificados.

O assalto perpetrado com recurso a arma de fogo ocorreu no dia 10 de agosto de 2015, junto de uma agência bancária, no centro da cidade de Ílhavo.

"Os autores do crime abordaram a vítima, o gerente de um estabelecimento comercial, quando o mesmo se preparava para efetuar o depósito bancário de elevada quantia que transportava consigo e que lhe foi subtraída na sua totalidade".


A arguida, que está indiciada por um crime de roubo, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que, em princípio, este caso não está relacionado com outros assaltos que ocorreram algumas semanas antes e que tiveram como vítimas responsáveis comerciais que aproveitavam a manhã de segunda-feira para depositar valores.

O primeiro caso ocorreu em Aveiro, no dia 22 de junho, quando um empresário foi surpreendido por um grupo de indivíduos encapuzados, no momento em que se dirigia ao banco para depositar uma elevada quantia em dinheiro.

Uma semana mais tarde, na Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, um comerciante foi assaltado à porta de uma instituição bancária quando se preparava para depositar as verbas acumuladas pelo estabelecimento comercial durante o fim de semana.