Uma mulher de 84 anos foi encontrada morta num charco que se encontra no interior da propriedade agrícola da família. A idosa terá morrido afogada, depois de ter, presumivelmente, escorregado e caído dentro de água. 

O alerta foi dado pelas 18 horas pela família da idosa. O corpo da mulher foi encontrado, já sem vida, a flutuar no charco, a cerca de 150 metros da casa onde vivia com o marido, na localidade de Espadaneira, Fundão.

O afogamento é apontado, pelas autoridades, como a provável causa da morte. O corpo não apresentava ferimentos. 

A mulher foi encontrada pela filha depois de ter desaparecido, logo depois da hora de almoço, desta terça-feira. Segundo a família, sofria de perturbações mentais. 

No local, esteve uma equipa dos bombeiros voluntários do Fundão e uma equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação.